Make your own free website on Tripod.com

Portugal: desemprego poderá estar perto dos 10%

 

De acordo com Eugénio Rosa, economista da CGTP, o desemprego em Portugal está subavaliado, podendo atingir quase 10% da população activa.

Por Portal de Bolsa

31/03/2004

 

Aquele economista explica que as estatísticas oficiais deixam de fora as pessoas que pretendem trabalhar, estão disponíveis, mas que não fizeram diligências para encontrar emprego nas últimas quatro semanas. De fora ficam também os que trabalham 15 ou menos horas por semana.

Ou seja, o subemprego invisível. «Se forem contabilizados os inactivos disponíveis e o subemprego invisível a taxa de desemprego sobre para os 9.09%», refere o estudo, contra os 6.6% apurados pelo Instituto Nacional de Estatística no quarto trimestre de 2003. Enquanto o INE contabilizava 356,5 mil desempregados, Eugénio Rosa identificou 81,800 pessoas consideradas «inactivos disponíveis» e 53,800 em subemprego. No estudo «Os custos sociais e económicos do desemprego em Portuga» refere-se que só 32.3% dos desempregados oficiais receberam subsídio.

 

PCNunes - visite o nosso Website

 

A informação divulgada neste site não deve dispensar a consulta aos documentos originais

 

Nº de vezes que esta notícia foi lida

Hit Counter