Make your own free website on Tripod.com

FMI traça quadro negro para a economia nacional

 

De acordo com o Fundo Monetário Internacional, o Produto Interno Bruto (PIB) Português crescerá apenas 1% em 2004.

Por Portal de Bolsa

23/03/2004

 

De acordo com o Fundo Monetário Internacional, o Produto Interno Bruto (PIB) Português crescerá apenas 1% em 2004. FMI prevê igualmente que a taxa de desemprego suba de 6.4% de finais de 2003 para 7.0% no final do corrente ano.

As más notícias continuam nas finanças públicas com os peritos do FMI a apontarem um défice de 4.1 %, ou seja a meta de um défice de 2.8%, inscrita por Manuela Ferreira Leite no Orçamento de Estado, só será alcançada à custa de novas operações extraordinárias. Por sua vez, o endividamento público deverá chegar aos 63.3% , o que significa que as contas públicas voltam a ultrapassar o limite de 60% estabelecido nos critérios de acesso ao clube da moeda única.

O gabinete da ministra das Finanças já reagiu ao documento da instituição internacional considerando-o pessimista. Esta classificação resulta, segundo o Ministério das Finanças, de o FMI prever receitas, quer de impostos, quer de contribuições sociais, mais baixas que as metas estabelecidas no Orçamento do Estado.

O relatório alerta o Governo para a necessidade de cortar custos para compensar a perda de receitas esperada com a redução da taxa do imposto sobre o rendimento das empresas.

 

PCNunes - visite o nosso Website

 

A informação divulgada neste site não deve dispensar a consulta aos documentos originais

 

Nº de vezes que esta notícia foi lida

Hit Counter